quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

E Depois?

Quando um bebê nasce traz com ele não só duvidas e incertezas na cabeça da nova mãe, traz uma revolução na rotina antes imaginada de forma sutil e organizada pelo menos era assim na minha linda cabecinha afinal eu serei mãe eu darei conta do recado néh?! Mas e Depois? foi como o esperado?

Não, Não e mil vezes Não.

No nosso primeiro mês eu não podia fazer nada,marido ficava antes da baby nascer falando e falando para que eu encontrasse alguém pra ficar comigo nesse período mas como minha irmã dava faxina duas vezes aqui em casa e fiquei meia com vergonha de trazer outra pessoa pra cá resultado me ferrei sim literalmente primeiro porque na semana do nascimento da Júlia Emanuelly ela ficou tão atolada com serviços e comigo também internada que a coitadinha ficou sobrecarregada o dia todo era muito agitado pra ela e quando enfim chegamos em casa a rotina dela continuou a mesma.

Por isso o mês foi meio turbulento adaptação do bebê e eu vendo casa de pernas pro ar, ficava piradinha kkk, mas sobrevivi né estou aqui vivíssima da Silva ops Borges rs, mas a volta a rotina não foi tão fácil assim as vezes ficava o dia todo de camisola sim eu ficava  e fiquei muitas e muitas vezes não sei se era deprê  ou algo assim mas como era difícil fazer tarefas simples do dia a única coisa que fazia era cuidar da bebê fazia e faço com maior amor do meu coração.

E nesses momentos difíceis eu desabafava no grupo do face que por muitas vezes as meninas como eu, passavam pelas as mesmas coisas  nos ajudávamos.O que me incentivou a mudar alias pra acordar pra vida viver de sofá não dá.

Mães como eu que precisam dar conta de casa,comida,marido e bebê sabem o que estou me referindo porque nem sempre acordamos afim de fazer tudo todos os dias não é lá as melhores tarefas, serviço de casa não acaba nunca.

Essa foi minha ESCOLHA sim, eu decidir ficar em casa, decidir ser Dona de Casa popularmente falando, assim como Trabalhar é uma decisão difícil pra toda mãe cada um tem suas necessidades e principalmente sabe o que é melhor e o que vai fazer bem ao seu filho e sua família, por isso apesar das dificuldades da minha escolha tento mudar e me empenhar  e dar conta de tudo.

Por isso seja qual for sua decisão pese todos os pros e contras viver do jeito que você acha que é melhor  não deixe pessoas dar pitacos na educação e na criação da sua cria VOCÊ é a MÃE só você sempre e ponto.

Dias nublados sempre vão existir mas um sol lindo no novo amanhecer nascerá pra mudar e colorir seu dia pense sempre que coisas melhores virão Deus é contigo.

E mesmo com tantas coisas pra fazer a vida e a rotina na correria do dia a dia  eu quero plantar em meu coração que tudo vai dar certo assim como aqueles dias de dificuldade de chororô de desespero porque ja me sentir varias vezes assim, mas elas passam pode demorar mas vai passar.

E  depois?

Se eu sentir medo e não conseguir dar conta de tudo ....


...  Ai eu deito e respiro afinal as coisas vão continuar lá me esperando e só eu posso fazer.

 Sejam Felizes